Como escolher o nome de sua empresa

Já pensou se as pessoas não tivessem nome? A gente precisaria confiar na aparência ou em alguma explicação para diferenciar uma da outra. Pensa que confusão. E se elas tivessem nomes, mas eles fossem muito difíceis de entender ou de pronunciar? Complicado também, né? O mesmo acontece com nomes de empresas, eles são estratégicos para você diferenciar e identificar sua empresa no mundo.

“O naming é uma área de estudo que vem dar uma luz: qual é o melhor nome para minha empresa?”

Já deu pra reparar que o nome não é um mero detalhe. Ele é estratégico para sua pequena empresa. Muitas vezes, o nome é o primeiro contato de alguém com o seu negócio e a última coisa que você quer é que ele provoque uma cara de ponto de interrogação, ao ser ouvido.

A primeira dica é pensar no nome da sua empresa como o título de um livro. Fica bem mais fácil escrever um título impactante e forte quando você tem uma história toda na cabeça. Então você precisa do conteúdo, precisa escrevê-la! Mãos a obra. Escreva a história da sua empresa desde que ela era uma ideia, como foi sendo desenvolvida até chegar no momento que está hoje. Quanto mais capítulos e reviravoltas, melhor! Essa é uma oportunidade para criar um nome ou para mudar um nome que não está causando paixões.

Como você se refere ou se referia a sua empresa quando ela ainda não tinha nome? Esses apelidos carinhosos podem dizer muito do que está na essência do seu negócio. Ao escrever sua própria história, pode reparar que, depois, você vai encontrar várias palavras interessantes que podem compor o nome. Não deixe de mencionar, nessa história, quem é seu público de interesse, quem está atuando no seu mercado junto com você, o que você vê no futuro do seu negócio. É um livro mesmo, que começa assim “Era uma vez a minha empresa…”

Um recurso que anda junto do nome é a tagline. Trata-se de uma frase curta que acompanha o nome e ajuda a explicar do que a empresa cuida ou como ela faz a diferença no mundo. Por exemplo, uma das nossas clientes tem uma empresa de alimentação saudável chamada Barbarella. Ela escolheu esse nome porque se chama Bárbara e já vinha usando e sendo conhecida por ele. Mas, ele explica pouco do que a empresa faz. A tagline “gulodices saudáveis” ajuda, nesse aspecto. Você logo situa o que a empresa faz. Não confunda a tagline com um slogan. Slogan também é uma frase curta e simples mas, geralmente, é usada em uma campanha pontual.

Por exemplo, se a Barbarella fosse fazer uma campanha de Dia dos Namorados e usasse na comunicação: “Barbarella – conquiste pelo estômago”. Nesse caso, essa frase estaria presente com a marca apenas durante a campanha. Acontece de alguns slogans fazerem tanto sucesso que acabam virando a tagline. Como foi com a Nike e o “just do it”, que inicialmente apareceu como slogan de uma campanha e acabou virando parte do nome da marca, passando a ser a tagline.

Muito bem, temos três opções de nomes bacanas, que falaram ao seu coração e passaram nas etapas anteriores. Agora, faça uma busca no google e facebook pelo nome. Descubra se há outras empresas usando o mesmo nome, mesmo que de outros segmentos. Se for do mesmo segmento, pondere se vale usar o nome ou pensar em outra ideia.

Faça também uma busca em sites de registro de domínio como o registro.br para descobrir se alguém já comprou o domínio com o nome. Se já, não há problema. É melhor adaptar o domínio do que descartar um bom nome, como você vai ver na nossa sugestão de vídeo abaixo. Mas, se ele estiver disponível, aproveite e faça a compra já, não dê bobeira. O máximo que vai acontecer é você desistir e não precisar pagar pelo próximo ano, custa somente 30 reais. Por fim, procure um advogado especializado, ao ter opções de nome. Para que ele dê orientações quanto ao registro oficial junto ao INPI. Ao dar início no registro, que seu nome começa o caminho de ser todo seu e de ninguém mais. Nosso processo para registrar o nome “Carinhas” durou 4 anos, pra você ter uma ideia!

FONTE: Carinhas.com.br